sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Wave

Vou te contar os olhos já não podem ver
Coisas que só o coração pode entender
Fundamental é mesmo o amor é impossível ser feliz sozinho

O resto é mar, é tudo que eu não sei contar
São coisas lindas que eu tenho pra te dar
Vem de mansinho à brisa e me diz que é impossível ser feliz sozinho

Da primeira vez era a cidade
Da segunda o cais a eternidade,
Agora eu já sei,
Da onda que se ergueu no mar

E das estrelas que esquecemos de contar
O amor se deixa surpreender
Enquanto a noite vem nos envolver

4 comentários:

Loba disse...

Wave!!! Além da comemoração dos 50 anos de bossa nova, wave me traz um mundo de recordações. A voz mansa de Tom, o som do piano cortando a noite e o mundo fervilhando na clandestinidade de jovens idealistas!
Menina, que bom estar aqui!
Ah, sou "aquela mulher" que o carinho e a afetividade da Beti Timm pintaram com as mais belas cores. Vim te conhecer e amei. Dificil é sair do laço da sua sensibilidade, viu? rs...
Beijocas

DO disse...

Há todo um clima de amor por aqui

:)


Bacio!!

Sieger disse...

Aiii que lindooo... "E das estrelas que esquecemos de contar
O amor se deixa surpreender
Enquanto a noite vem nos envolver"
Besos

mayra araujo disse...

que lindo!