quinta-feira, 27 de novembro de 2008

→ *.* ←

Que é isso??? Estou assim... Meio daquele jeito... Nem sei como... (será que é o Natal chegando? O final do ano se aproximando?)

Quero a metade da minha laranja! Por onde anda? Onde se escondeu?
Quero um chinelo pro meu pezinho que está cansado e às vezes sente frio...
Uma tampa para minha panela, que está transbordando...
Uma corda para minha caçamba, que está solitária...

Quero um Namorado. Mas um namorado mesmo, sabe? Daqueles que almoça na nossa casa, vai à casa da avó, a festas da família, leva para almoçar com os pais, apresenta aos amigos, leva para festas em família...
Um namorado companheiro, que converse coisas sérias e faça rir, que divida tristezas e multiplique alegrias.

Que conquiste todos os dias, seja autêntico e criativo, que fuja dos clichês, saia do cotidiano e improvise, sem perder a doçura e o romantismo. Que leve ao cinema e que faça surpresa sem data, que seja sério, mas que também conte piada.
Um namorado que seja homem com atitudes de homem, que encare a vida de frente, não fuja dos problemas. Sincero, honesto, leal, inteligente...
Não precisa ser um príncipe encantado, precisa sim, gostar de mim, me valorizar como mulher (e como pessoa), ser amigo e amante.

Um namorado para ir à praia, dormir abraçadinho, passear pela cidade, sair com amigos, ir ao parque, viajar a dois, dançar coladinho...
Um namorado que me entenda quando estiver mais sensível ou mais agitada, que entenda quando estiver mais carente e me pegue no colo ou quando estiver querendo ficar só, que entenda minha TPM que dura a metade do mês...
Que compartilhe os momentos, divida os instantes, mas que lembre sempre que mesmo sendo um casal somos indivíduos e devemos preservar nossas intimidades, mas que confie e me transmita confiança, que não omita fatos e nem se omita.

Precisa-se de um namorado, um companheiro, um homem que dê colo, faça carinho, coce as costas, alise os cabelos.
Que faça um jantar especial, mesmo que não seja dia de comemoração, que leve café na cama depois de uma noite de amor, que faça cócegas, que seja doce e gentil, sem perder a virilidade...

Precisa-se de um namorado, um companheiro, um homem amante, apaixonante e apaixonado, cheio de amor, que sacie meus desejos, abrande meu ímpeto, que seja ávido de amor e paixão...
Que saiba amar, me ame, saiba ser amado, queira ser amado verdadeira mente.

Um homem que me leve a sério, que assuma compromisso, não estou falando em casamento; mas que entenda que sou doida, maluca mesmo, gosto de brincar, me divertir e sair, mas que sou séria e acima de tudo uma mulher, que tenho um coração que pulsa e está cheio de amor, um coração que quer se apaixonar.
Um homem que entenda que sou uma mulher que não brinca com sentimentos, nem os próprios nem os dos outros, que leva relacionamento a sério, respeita e gosta de ser respeitada. Uma mulher cheia de defeitos, mas que tem qualidades...

Quero um homem que entenda que este corpinho de cintura fina e pernas grossas não é só embalagem, que tem conteúdo. Um corpo que guarda uma mulher cheia de desejo e amor, uma mulher que apesar do rostinho de menina e da aparência frágil é forte, decidida, sabe o que quer, que precisa e quer ser amada, compreendida, uma mulher que tem sentimentos reais e verdadeiros.

Quero um namorado, um companheiro, um homem de verdade, que me olhe e me veja, que enxergue minha essência, que veja além das aparências. Quero um homem que tenha qualidades e que não esconda seus defeitos. Que se molde e que permita que me molde, que seja meu equilíbrio e eu o dele. Um homem que não simule sentimentos, nem desejos ou afeições... Que entenda minhas imperfeições, que seja digno, que sonhe e tenha ambições, mas que não permita que sejam maiores que seu caráter.
(Cecília Campello. Em 26/11/08)

*************************

"Precisa-se de um homem que encare a vida de frente e sem querer ser super herói voe com serenidade nas asas do seu destino.
Precisa-se deste homem especial e comum. Que nunca simule afeição, nem trapaceie com meus sentimentos Que saiba conduzir-me com doçura, que saiba orientar-se com inteligência, mas que aceite com humildade os desígnios do meu ser.
Ele deve ser alto da altura de sua dignidade e belo como a beleza de seu caráter. Sua ambição deverá ter a medida exata, do alcance dos seus dedos e de seus sonhos.
Precisa-se urgentemente deste deus menino para pôr festa em meu coração, atear fogo no meu corpo e afogar-se nos meus braços, e salvar por fim do aniquilamento resgatando nossas vidas com tributo de um amor total."
(Desconheço autoria.)

5 comentários:

Sieger disse...

Eu tb to em busca... mas e fueda...
Abração

DO disse...

Sei muuito bem o que vc quis dizer com o desabafo/pedido,Cecilia. Mas ,acredite: ele existe!!

TUDO A SEU TEMPO,viu!!

Beijos!!

Cecília disse...

Respondendo:

Pois é DO e Sieger...
Não duvido que exista (até porque o meu lema é nunca desistir do amor e da felicidade, sou uma romântica e eterna apaixonada)... Mas ta que está difícil de achar tá, sempre tenho a impressão de que os homens me olham só querendo se divertir, ficar (transar (por isso falei do meu corpo a questão da cintura fina e coxas grossas...)), sabe? Sem querer algo sério... Mas é como digo a minhas amigas: quero uma pessoa pra estar ao meu lado, mas não estou à procura, to indo co calma e paciência, sem fazer expectativas...
Obrigada pelas palavras...

Tenham um ótimo final de semana!
Beijão!!!!

Zeca disse...

Cecília,

se eu fosse mais novo, mais magro e mais corajoso, me candidataria à vaga... risos.
Quem sabe alguém que se encaixe nessa "bula" se enterneça com seu rostinho de sorriso lindo e bata à sua porta?
Mas o certo é que toda meia laranja tem a outra metade; toda panela, a sua tampa; toda caçamba, a sua corda e todo pezinho cansado, o seu chinelo folgado.
Ele vai aparecer. Você vai ver!

Beijos.

Jens disse...

Oi Cecília.
Você quer namorada à moda antiga, um homem de honra . É difícil, mas ainda é possível encontrar este espécime em extinção. Como você é especial, certamente encontrará um homem também especial, que faça jus à bela mulher que você é. Por fora e por dentro, pelo que posso deduzir a partir dos teus escritos.
Um beijo.
***
PS: Se você me linkar, eu ficarei lisonjeado.