quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Paz II

Imagem Aqui
A Paz (Roupa Nova)

É preciso pensar um pouco nas pessoas que ainda vêm
Nas crianças
A gente tem que arrumar um jeito
De deixar pra eles um lugar melhor.
Para os nossos filhos
E para os filhos de nossos filhos
Pense bem!

Deve haver um lugar dentro do seu coração
Onde a paz brilhe mais que uma lembrança
Sem a luz que ela traz já nem se consegue mais
Encontrar o caminho da esperança

Sinta, chega o tempo de enxugar o pranto dos homens
Se fazendo irmão e estendendo a mão
Imagem Aqui

Só o amor, muda o que já se fez
E a força da paz junta todos outra vez
Venha, já é hora de acender a chama da vida
E fazer a terra inteira feliz

Se você for capaz de soltar a sua voz
Pelo ar, como prece de criança
Deve então começar outros vão te acompanhar
E cantar com harmonia e esperança

Deixe, que esse canto lave o pranto do mundo
Pra trazer perdão e dividir o pão.

Só o amor, muda o que já se fez
E a força da paz junta todos outra vez
Venha, já é hora de acender a chama da vida
E fazer a terra inteira feliz
Imagem Aqui

Quanta dor e sofrimento em volta a gente ainda tem,
Pra manter a fé e o sonho dos que ainda vêm.
A lição pro futuro vem da alma e do coração,
Pra buscar a paz, não olhar pra trás, com amor.

Se você começar outros vão te acompanhar
E cantar com harmonia e esperança.

Deixe, que esse canto lave o pranto do mundo
Pra trazer perdão e dividir o pão.

Só o amor, muda o que já se fez
E a força da paz junta todos outra vez
Venha, já é hora de acender a chama da vida
E fazer a terra inteira feliz

Só o amor, muda o que já se fez
E a força da paz junta todos outra vez
Venha, já é hora de acender a chama da vida
E fazer a terra inteira feliz
Imagem Aqui

Só o amor, muda o que já se fez
E a força da paz junta todos outra vez
Venha, já é hora de acender a chama da vida
E fazer a terra inteira feliz

Venha, já é hora de acender a chama da vida
E fazer a terra inteira feliz

Inteira feliz ...




Li no Blog da Ceci

"A PAZ SEM VENCEDOR E SEM VENCIDOS
Dai-nos Senhor a paz que vos pedimos// A paz sem vencedor e sem vencidos// Que o tempo que nos deste seja um novo// Recomeço de esperança e de justiça.// Dai-nos Senhor a paz que vos pedimos // A paz sem vencedor e sem vencidos// Erguei o nosso ser à transparência// Para podermos ler melhor a vida// Para entendermos vosso mandamento// Para que venha a nós o vosso reino// Dai-nos Senhor a paz que vos pedimos// A paz sem vencedor e sem vencidos// Fazei Senhor que a paz seja de todos// Dai-nos a paz que nasce da verdade// Dai-nos a paz que nasce da justiça// Dai-nos a paz chamada liberdade// Dai-nos Senhor paz que vos pedimos// A paz sem vencedor e sem vencidos// "


Momento de Paz! Blogagem Coletiva pela Paz Mundial

3 comentários:

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Querida Cecilia

Muito lindas suas postagens sobre a paz. Aí repousa o verdadeiro sentimento que essa pequena palavrinha representa. Nas pequenas acções individuais ou coletivas, nos pequenos atos, irradiamos a paz que gostaríamos que invadisse todo o planeta.
Lembrei-me da música do Nando Cordel:
A Paz do mundo, começa em mim...
(É o hino do movimento Paz pela Paz)
beijo grande

milena disse...

Olá, Cecília, só agora tive tempo de agradecer a sua visita lá no "nenhum lugar". Desejo para ti um ano novo cheio de paz; assim como vc deseja neste teu lugar!

Um abraço.

Eurico disse...

Foi uma beleza o ensaio com Naná Vasconcelos. Tinha muita gente jovem, muita criança. O terreno é fértil para o resgate do maracatu-nação e de suas raízes.
Abraço fraterno e muita paz!!!