segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Paz


Imagem Aqui

Paz é geralmente definida como um estado de calma ou tranquilidade, uma ausência de perturbações ou agitação. Derivada do latim Pax = Absentia Belli, pode referir-se à ausência de violencia ou guerra. Neste sentido, a paz entre nações, e dentro delas, é o objetivo assumido de muitas organizações, designadamente a ONU.

No plano pessoal, paz designa um estado de espírito isento de ira, desconfiança e de um modo geral todos os sentimentos negativos. Assim, ela é desejada por cada pessoa para si próprio e, eventualmente, para os outros, ao ponto de se ter tornado uma frequente saudação (que a paz esteja contigo) e um objetivo de vida. A paz é mundialmente representada pelo pombo e pela bandeira branca.
Fonte




Imagem Aqui

Havia um rei que ofereceu um grande prêmio ao artista que fosse capaz de captar numa pintura a paz perfeita.

Foram muitos os artistas que tentaram. O rei observou e admirou todas as pinturas, mas houve apenas duas de que ele realmente gostou e teve de escolher entre ambas.




Imagem Aqui

A primeira era um lago muito tranqüilo. Este lago era um espelho perfeito onde se refletiam umas plácidas montanhas que o rodeavam. Sobre elas encontrava-se um céu muito azul com tênues nuvens brancas. Todos os que olharam para esta pintura pensaram que ela refletia a paz perfeita.

A segunda pintura também tinha montanhas. Mas estas eram escabrosas e estavam despidas de vegetação. Sobre elas havia um céu tempestuoso do qual se precipitava um forte aguaceiro com faíscas e trovões. Montanha abaixo parecia retumbar uma espumosa torrente de água. Tudo isto se revelava nada pacífico. Mas, quando o rei observou mais atentamente, reparou que atrás da cascata havia um arbusto crescendo de uma fenda na rocha. Neste arbusto encontrava-se um ninho. Ali, no meio do ruído da violenta camada de água, estava um passarinho placidamente sentado no seu ninho...



Imagem Aqui

Paz perfeita!

O rei escolheu a segunda e explicou:"Paz não significa estar num lugar sem ruídos, sem problemas, sem trabalho árduo ou sem dor.
Paz significa que, apesar de se estar no meio de tudo isso, permanecemos calmos no nosso coração.
Este é o verdadeiro significado da paz."
(Desconheço Autoria - Recebi por e-mail)









Momento de Paz! Blogagem Coletiva pela Paz Mundial

14 comentários:

Sieger disse...

E que a paz venha logo e que não se transforme em utopia

Beti Timm disse...

Cecilinha,

Tem uma coisinha pra ti lá no Rosa!
Depois volto pra ler e comentar.

Beijinhos

Eurico disse...

Lindo post. Mas, como fazer para alcançar essa harmonia, esse domínio próprio que enfrenta as vicissitudes e as tormantas da vida com paz interior?

Eurico disse...

Digo, tormentas da vida...rs

mayraaraujo disse...

uma ótima semana para todos nós!

beijos, Ce.

DO disse...

Nos dias de hj,sem duvida,é nosso maior anseio,Cecilia.
Ta dificil!!

beijos!

Mai disse...

Oi, Cecília.

O nosso amigo comum, Eurico, é o meu mais recente amigo de infância.
E eu te explico. Há coisas que o humano não explica. Mas todo vivente é curioso e quer saber...
A filosofia nasceu assim, de um querer saber.
Eu adorei este teu post, o teu espaço. Tuas postagens lá no 'sítio' e aqui, são belas e carece reflexão.
Eu desisti de entender mas não de buscar a paz, a minha para que o outro que vive comigo, também a tenha.
Esse é o meu vício, vencer os vícios e ser a cada dia mais 'humana'.
E tenho percebido que não haverá paz, sem guerras íntimas, contra os nossos próprios vícios, não os do mundo experior, mas os do adentro do bem dentro de nós.

Dom 'ratão' morreu de curioso querendo saber o que havia na panela mas eu quero viver e vou me reconstituindo e renascendo em cada 'gaza' de mim, sem tréguas sem pactos, sem nirvanas infinitos.
Porque a paz é quebrada por vezes, por uma simples folha de papel que voa na mesa de um chefe.
Um simples choro de criança.
Um gesto faz uma guerra assim como um simples gesto faz a paz.

Perfeito!
És linda!
Obrigada percebí que és a mais nova seguidora do 'inspirar' e te agradeço. Assim, conheci este lugar tão lindo.


Beijos, querida.
Paz!

Zeca disse...

Linda Cecília!

Parabéns pelo post e pela fábula que tanto pode nos ensinar. Gostei muito.

Beijos. Procê e pro Matheus.

Claudinha ੴ disse...

Olá! Gostei desta escolha do rei! Sábio! Bela postagem sobre a paz! Beijos!

Nana disse...

Olááá.........Puxa, que saudade dessa cantinho, fazia muuuuiti tempo que nao passava aqui, ta lindo o template e feliz 2009.
Bjoka

Pernambucanos Arretados disse...

Que mensagem linda.
Paz.. tão simples e tão difícil.

Beijos.

Jens disse...

Oi Cecília.
Bonito e oportuno post. Louvar a paz, nestes tempos de guerra, é sempre salutar.
Um beijo.

meus instantes e momentos disse...

gosto de voltar aqui. Belo post, muito bom.
Maurizio

Príncipe Encantado disse...

Bom dia adorei seu blog, e gostaria de formar uma parceria com a troca de nossos links, ficaria muito contente com ela, visite o meu blog e me diga se aceita, se sim deixe seu recado, te espero por lá. Bom final de semana.
Abraços forte