sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Hoje Vou Falar Sobre...


Meu Pai!!! :)

Hoje, meu pai e mais três tios embarcam para um cruzeiro de 8 dias, na verdade, na madrugada de hoje pra amanhã (2:45, salvo engano).
Estranhei quando ele chegou em casa dizendo que passaria 8 dias viajando com ‘os Manos’, como ele fala. Não há nada demais em 4 irmãos viajarem, né? Exceto pelo fato de meu pai nunca passar mais de 2 dias fora de casa, na verdade é um sacrifício fazer ele passar um final de semana fora de casa, quando era criança e adolescente várias vezes em feriados painho chegou ao absurdo de levar a gente pra algum interior ou praia na quinta-feira, voltar no mesmo dia e no domingo ir buscar a gente, com o tempo ele começou a aceitar passar finais de semana com a gente, mas era notório que ficava incomodado por estar fora de casa... Outra coisa que me causou estranheza foi o fato de a viagem ser de navio, na verdade, navio e avião, porque o navio não saí daqui e sim de SP e meu pai é um pouco medroso (ele mesmo admite (Inclusive está ansioso e inseguro, quer de todo jeito ir pra casa de Tio Marcelo (um dos meus tios que vai) pra ir pro aeroporto com ele. Tá fazendo a barba, agora... rsrs...)), às vezes quando eu falava de fazermos uma viagem para o sul ele dizia:
“- Deus me livre, avião, quero nem saber!!!”
Rsrsrs

Então...
Ontem fui com ele no shopping para comprarmos umas camisas, pra ele usar durante o dia no navio; e terminamos compramos mais do que camisas, pois tive que lembrar ele de alguns itens básicos de higiene pessoal.
- Pai, tem xampu, sabonete, escova, desodorante, pasta de dente?
- Eita, bem lembrado! Falta xampu, desodorante, pasta de dente e barbeador.
- Huuum... vamos pegar.

Depois que compramos o que precisávamos demos uma volta pelo shopping (é que eu aproveitei para ver uma coisa que estava querendo), pois mesmo sendo super perto de casa painho ainda não conhecia, e aconteceu uma coisa engraçada, na verdade duas:
Quando estávamos andando painho falou:
- Oxe, não sei mais nem voltar pro carro, onde estamos???
- No shopping, oxe!! Falei sorrindo.
Ele me olhou de lado com uma cara engraçada, que me deu vontade de rir mais.
- Pode deixar, sei onde estamos e onde ta o carro. Fique tranquilo.
É que ele é cismado comigo, uma vez fiz ele andar meio estacionamento de outro shopping que tem aqui atrás do carro e o tempo todo eu sabia onde o carro tava... Ele ficou danado comigo. Mas quando me viu rindo riu também... :P
A outra coisa engraçada foi quando estávamos passando por uma cafeteria
- Vixe, quanto velho tem aqui. O que mais tem em Recife é velho!!!
Kkkkkkkkk... Soltei uma gargalhada!! Mas vocês já sabiam que eu iria ri com isso, né???
Imaginem vocês, um coroa de 68 anos reclamando que no shopping tinha muito velho... Sei não, viu?!?! Painho sai com cada uma...
Mas é bem verdade, nunca tinha visto tantos idosos em um shopping, mas deve ser por causa do cinema e das cafeterias, sem falar que lá tem bons restaurantes.

Por um instante achei que ele não me deixaria arrumar a mala dele. Sei que não tem nada demais, mas é que ele é todo cheio de melindre comigo.
Lembro quando ele fez a cirurgia de próstata. Mainha passava a noite e eu o dia, só que no começo ele se negava, dizia que não precisava, que ficava sozinho sem nenhum problema, acho que é porque ele ficava nu, só usava aquele ‘vestido’ (já que não sei o nome, vai vestido mesmo, a te porque parece um) que os doentes usam. Eu até perguntei se ele não queria que eu fosse pro hospital porque ele tava usando vestido. Hihihi... Ele não gostou muito, fez uma cara estranha pro meu lado...
Engraçado foi o dia que o médico falou que ele iria ter fica caminhando duas vezes por dia, pela manhã e a tarde, e quem estava acompanhando ele? Euzinha da silva sauro. Mais uma vez ele me fez rir.
Se recusou a andar comigo, queria de todo jeito chamar a enfermeira, tudo isso porque o vestido só cobre a parte da frente, e ele tava preocupado porque estava nu e com a bunda (branca) de fora... Hhihi
- Deixa de besteira, meu pai! E eu lá sou criança. Oxe, vai andar comigo sim. A enfermeira está ocupada, não só tem o senhor aqui não. Vamos!
Ele com cara de criança contrariada se levantou e foi andar comigo. Pode até ser que eu tenha sido dura com ele, mas foi bom porque no segundo dia eu nem precisei chamar, ele mesmo perguntou se iríamos andar.

Eu sei que pra ele era um pouco desconfortável a situação, acho que ficou imaginando mil coisas, até porque existe um choque de gerações muito grande entre nós, são 42 anos que nos separam, não deve ter sido fácil pra ele estar naquelas condições, ‘depender’ de mim, meu pai não evoluiu com o tempo, tem pensamentos muito arcaicos...


Lembro quando ele descobriu que minha tatuagem era de verdade e não sairia mais. Me xingou de um monte de nomes bem legais (ladra, traficante e drogada foram os mais bonitinhos, não queiram nem saber o resto..) e ainda ficou um mês sem falar comigo, nem me olhava direito e quando me via de costas com o cabelo preso falava que não se conformava (até hoje fala isso)... E quando viu os 5 brincos na minha orelha... Hunf...
- Coisa mais feia, olha a orelha dessa menina!!!
Mas dessa vez não respondi, nem discuti com ele, fiquei calada olhando pra frente.

Bem, mas é isso, entre ‘tapas e beijos’ seguimos nossas vidas, mas Cho que isso acontece porque sou muito parecida com ele, queria ter a tranquilidade e a calma da minha mãe...

Eita, lembrei de uma situação bem engraçada minha e dele, mas depois conto, o post já está muito grande.

Espero que ele e meus tios façam uma Boa Viagem e aproveitem estes dias juntos...

Antes que esqueça:

A primeira foto foi tirada em Fazenda Nova (Julho/2008) e a segunda na casa de Voinha no natal (2008), Painho, eu e Mainha; e ele dizendo: "O Papai Noel está com sono, vou dormir." E encostou no meu ombro...

Beijinhos a Todos!!!


Imagem Aqui

17 comentários:

tossan disse...

Pra vc também. Como é bom ter família! Uma bela família! Bj

EU, SENTIMENTO"

Não queria ser só sentimentos
E tê-los assim explícitos na alma
Como espinhos dilacerando a carne
Mas trago-os afiados no coração
Nas entranhas do que me faz emoção
Sou assim e não me furto disso
Aí então, não sei se choro ou se sorrio
Não sei se grito ou silencio
Só sei que sei que eu nem sei
Se eu fogo ou pavio
Se eu chuva ou estio

Amigo Elcio Tuiribepi
http://verseiro.blogspot.com

Beti Timm disse...

E essa menina, vem me dizer, que tinha receio de escrever! Que texto gostoso, desprendido, desliza pelos olhos como cahoeira. Cheguei a te sentir do meu lado contando, via teu sorriso meigo e contagiante e teus olhinhos brilhando! Sabia que é assim que se começa a iniciação para escrever um livro, (memórias). jáa tenho até a sugestão do título:
UM PAI A MERCÊ DE UMA FILHA TIRANA!!...RS
Bravo menina!!

Beijos carinhosos

Luciana disse...

Oi Cecília, tudo bem contigo?

Obrigada pela visita no meu Blog, eu olhei o teu e gostei do que eu vi.

Bjs e um excelente fim de semana.

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Cecília...lembrei de meu pai, do hospital, da próstata dele também, não teve como não lembrar...
Olha o Tossan...amigo...gente boa...valeu Tossan...
Ahh..fora a coincidência da viagem, meu pai foi para Portugal, só que de avião, com um amigo de longas datas, ficou duas semanas lá e voltou super empolgado...bom lembrar, é que ele já se foi, mas deixou saudade da grande, era amigo, parceiro...
Valeu a visita, pode linkar sim, vou faer o mesmo...parabéns por sua família e pelo carinho escancarado po seu pai, conserve isso tudo e guiarde bum cantinho dentro da alma...sempre...um abraço nela...na sua alma...bom fim de semana..valeuuuu

Luciana disse...

Cecília, como eu também tenho Orkut eu olhei o teu Orkut e achei bem legal, gostei das tuas fotos.

Bjs.

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Fazer amor é andar por
Caminhos da alma
Com o toque de um beijo
Sem pressa...
Sentir o roçar da mão no ombro
Daquele que caminha ao lado,
Acordar sempre com um
Eu te amo,
Renovado e sincero...
Ver juntos o por do sol,
Em silencio ler um livro
Numa velha poltrona..
Fazer amor é pisar na eternidade,
Fazer estrelas e sentir
O perfume das manhãs,
Sorrisos de sol,
Olhos de mar...
Fazer amor é realizar sonhos,
Viver na consistência do céu...

Sônia Schmorantz

Só passei para te desejar um lindo final de semana
Abraços

Crys disse...

De tudo que li, vc me fez chorar, com saudades do meu pai, passamos por muitas coisas juntos, inclusive a famosa cirurgia da próstata...
Que texto gostoso, menina...
Que seu pai aproveite bem a viagem, e traga muitas novidades pra vc contar pra nós, com esse seu jeitinho bem descontraído.
Beijos e um abençoado fim de semana!

Miguel Almeida disse...

Olá Cecília,

Obrigado pela sua visita e comentário simpático.

Um bom fim de semana

Mauri Stern Boffil disse...

Olha! Eu tenho PAVOR! medo.com.br de viagens de navio... Uma vez eu fui viajar e passei as 4 horas de viagem rezando com medo do navio não virar. Eu hein, rosa! Um beijo sem bombons ilegais!

Jens disse...

Oi Cecilia.
Gostei do teu pai - um "durão" dos velhos tempos, sem, porém, perder a ternura. Legal também constatar, através das tuas palavras, a convivência carinhosa entre vocês, apesar das rusginhas. Bonito isto.
Uma boa viagem pra ele e uma bela semana pra você.
Um beijo.

dácio jaegger disse...

Natural, muito natural o que parece ser um choque de gerações. Conceitos apreendidos ao longo de muitos anos não costumam ser abandonados de uma hora para outra. Os que vivem na "rua", longe do lar, estes vão se adaptando aos novos tempos, ficam moderninhos e até podem incomodar. Para o painho está sendo lindo ser introduzido neste admirável mundo novo pela amada filha. A história então... O navio vai render. Boa semana. Beijos

ALF disse...

Ah, mas é sempre bacana falar da nossa família, do nosso pai e do que vivemos com ele.

Maravilhoso as vivências, as experiências engraçadas rsrs

Gostei de ler isso.

Beijão Cecília.
:)

Zeca disse...

Linda e doce Cecília,

taí um texto dos bons! daqueles que deixam um rastro de sal em nossas faces... gostei muito das historinhas com seu pai, da ternura que você passa, tanto do seu lado quanto do dele também. Tenho certeza que ele tem muito orgulho da filha que tem. E terá, com certeza, muitas histórias para contar na volta dessa viagem. E você as contará aqui, para nós.

Beijos. Carinho.

b disse...

Que bonito o carinho pelo pai.
Tô te dando parabéns por isso.
Certamente será prá ele mais do que uma viagem - uma aventura, já que ele quase nao sai de casa.
Boa viagem e ele.
Obrigada.

Tatiana disse...

Vivo também uma história entre "tapas e beijos" com meu pai.
O importante é o amor e o respeito que nutrimos...Deus nos coloca proximos as pessoas que precisamos aprender a conviver e assim evoluir de alguma forma.

Que essa seja uma semana rica em realizações para o seu belo coração!

Beijos com meu carinho

DO disse...

Cecilia,vc é uma fofa,sabia??
Acho tão bonito,tão legal a forma com que vc fala de sua familia,principalmente.
Tomara que seu pai esteja aproveitando muito a viagem. Depois conte-nos o que ele achou,rss

Linda semana!!

Beijos!!

paula barros disse...

rsrs Você escreve parece que estamos conversando. Escuto as risadas, e empolgação da voz\.

E o vixe, eita, mainha e painho, bem nosso. Tem um marido de uma prima do Rio que mexe muito comigo porque também falo assim.

Adorei.

Depois conta a viagem do teu pai.

abraços