sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Revolta, Indignação, Vergonha

Estes são apenas apenas alguns dos sentimentos que os cidadãos recifenses sentem diante da onda de violência que acomete a cidade, já há algum tempo eu estava pensandoem escrever este post, mas como tenho muita coisa pra estudar estava adiando, mas a notícia que li no jornal ontem (24-09) auentou meu sentimento de revolta com a violência no recife e região metropolitana. não fossem suficientes os constantes assaltos, virou moda arrombamentos em casas, sem contar os arrastões nos engarrafamentos.

O governo do Estado vive fazendo propaganda do 'Pacto Pela Vida' um programa de combate à violência, mas sinceramente, nesses anos do governo de Eduardo Campos não vi a violência diminuir, pelo contrário, cada vez mais crescente. Não raro alguem fala que foi asaltado ou teve um conhecido assaltado e os arrastões que aconteceram algumas vezes em bairros do Recife aconteceu na estrada (Rod PE 60) na volta do feriado de 07 de setembro... O pior de tudo é que o Governo ainda divulga balanços dizendo que a violência no Estado esta diminuindo. É vergonhoso... não consigo aceitar e me acostumar com esse tipo de comportamento dos politicos brasileiros de mascarar a realidade e tentar iludir a população, pelo menos me sinto aliviada de não ter votado nele, na verdade, de não ser eleitora dele... Marqueting e publicidade ele sabe fazer, cumprir as promessas de eleição é que tá difícil...


Agora... vá na frende da casa dele. Com certeza você encontrará no mínimo duas viaturas da Polícia Militar com pelo menos três PM's cada, fazendo a segurança. Mas eles não deverim está fazendo ronda? Alguém pode perguntar. Sim, deveriam, mas tem sempre policiamento ostensivo na frente da casa do excelentíssimo governador do Estado de Pernambuco. Então volto a falar da ROCAN era um programa de segurança que tinha antes desse 'Pacto Pela Vida' eu via sempre motos fazendo ronda e tinha sempre umas duas motos aqui na esquina da rua, mas agora, quando eu vejo um carro do 'Pacto Pela Vida' é porque tem alguém em uma das casas e não fazendo ronda...

E enquanto isso nós, cidadãos (eleitores) vivemos sobressaltados e não podemos ter traquilidade nem em casa...

Além de tudo tem o efeito negativo com relaçã ao turismo, que já não é muito valorizado aqui, falta um política mais eficiente.

----------------------

Onda de arrombamentos e pavor em Casa Amarela
Publicado em 24.09.2009
Em três semanas, nove casas e um condomínio foram invadidos por bandidos. Bancário que teve a residência assaltada denunciou ter sido ironizado ao pedir ajuda a policiais de plantão em delegacia
...
Em fevereiro, a SDS recebeu uma série de solicitações dos moradores para melhorar a segurança. As principais medidas sugeridas foram: melhor gerenciamento e mobilidade da patrulha escolar, retorno dos policiais que faziam policiamento ostensivo na Estrada do Arraial e tolerância zero com motociclistas. Nenhuma das medidas foi adotada.
----------------------

RODOVIA PE-60
Perigo ronda motoristas a caminho do Litoral Sul
Publicado em 09.09.2009
Mal sinalizada e estreita, a via que dá acesso a praias e ao Complexo de Suape deixa motoristas e passageiros vulneráveis a congestionamentos e a arrastões como o ocorrido na última segunda-feira

A falta de infraestrutura da rodovia estadual PE-60, principal eixo viário de acesso ao Litoral Sul, o mais visitado do Estado, ainda vai provocar inúmeros transtornos a quem circula na área. De sentido duplo, tomada pela vegetação, mal sinalizada e estreita, a via deixa motoristas e passageiros vulneráveis a congestionamentos e, consequentemente, a mais arrastões como o ocorrido segunda-feira, na volta do feriadão. A PE-60 não tem a atenção que deveria, mesmo sendo a ligação com o Complexo Portuário de Suape e recebendo, diariamente, 30 mil veículos. Nos fins de semana e feriadões, a quantidade de veículos duplica.
Para o próximo verão, o governo do Estado estima que 1,2 milhão de turistas circule pelas praias do Litoral Sul, um número 20% maior do que o calculado em 2008. Mesmo assim, a rodovia é esquecida a partir da entrada para o Porto de Suape. Vive à espera de duplicação, que não sai do papel. Tem apenas dez quilômetros duplicados entre a interseção com a BR-101 e Suape. A partir daí, até a divisa com o Estado de Alagoas, transforma-se numa via de mão dupla.
...
IMPACTO NEGATIVO
Secretário de Turismo do Estado, Sílvio Costa Filho reconhece a necessidade de duplicar toda a PE-60, não apenas um trecho, e lamenta o impacto negativo que a notícia de um arrastão provoca para o turismo local. “Mas não estamos de braços cruzados, só olhando. Vamos investir R$ 170 milhões em obras de infraestrutura turística, algo que esse Estado nunca viu.”
A PE-60 está em boas condições de tráfego e ainda tem acostamento em quase toda extensão. Os maiores problemas, segundo quem trafega por ela, é a falta de policiamento e de rota de fuga. O Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual tem apenas dois postos na rodovia e outros três em PEs próximas.

----------------------

» HOMICÍDIOS
Em três dias, 35 mortes violentas são registradas
Publicado em 08.09.2009

O feriado prolongado de 7 de setembro teve mais violência do que no mesmo período do ano passado. De acordo com dados coletados pelo site contador de homicídios Pebodycount (www.pebodycount.com.br), da 0h da última sexta-feira às 8h de ontem, ocorreram 35 assassinatos em Pernambuco, contra 29 anotados em 2008. Anteontem, dois casos chamaram a atenção das autoridades: um tiroteio com um morto e quatro feridos em Olinda e uma mulher paraplégica executada em Paulista.


OBS: Os textos de conza foram retirados do site do Jornal o Commercio e nao estão na íntegra.


Uma pena ter voltado assim, mas...

Tenham um Ótimo Final de Semana a Todos!!!
Beijosssss

5 comentários:

Beti Timm disse...

Oi menina do sorriso lindo! Como vai vc?

É a violância está tão perto de nós, que viver cada dia é uma aventura perigosa.
Bom te ver de volta

Beijinhos

Mauri Boffil disse...

nao so por ai...
aqui tb ta um perigo

DO disse...

Por que será que os governos de esquerda são sempre muito complacentes com a violencia,com os crimes??

Beijos,linda!!

Jens disse...

Oi Cecília.
O redrudescimento da violência não é um fenômeno restrito apenas à cidade de Recife. Aqui em POA, e nas cidades do interior, ocorre o mesmo. As autoridades igualmente não encaram o problema com a seriedade que ele exige. Recentemente, por exemplo, a governadora reajustou apenas os salários dos oficiais da Brigada Militar e dos delegados de polícia. A arraia miúda, soldados e investigadores que vão para a rua combater os criminosos, não ganhou nada. Certamente não é um estímulo para que se empenhem na sua missão de servir e proteger a sociedade. Aqui, a polícia só funciona quando a vítima tem dinheiro.
Não acredito que o descaso com a violência seja uma característica dos governos de esquerda. O furo é bem mais embaixo do que uma reles quizila ideológica.

Um beijo.

ronaldo ichi disse...

Me lembrou Belo Horizonte. Era calma apesar de metropole.

Até que as coisas foram mudando e a cada dia a violencia crescia mais. Cada vez mais, casos absurdos e outros surreais.

Já São Paulo... não me espanto, sempre teve essa fama e muito bem justificada.

Mas aqui eu fico na minha, não mexo com ninguém, não brigo na rua, procuro não "pagar" de gostoso porque... hoje em dia, a gente nunca sabe até onde vai a mente das pessoas para cometer atos ruins.


Mas o descaso com a violencia vem das proprias pessoas. Que parece que se acostumaram com essa situação. Reclamam, se chocam... mas não participam politicamente para precionar mudanças e ações. E politico só se move quando a sua propria familia é atingida.




Beijos Cecil !!!!