quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Post sem título


Quando penso que o coração acalmou, que as coisas apaziguaram, sinto os sentimentos desordenados, os pensamentos caóticos, ideias desorganizadas, desorientadas...

Agora a sensação de que algo vai acontecer está maior, mais forte, mas tem um coisa diferente, estou conseguindo me manter mais calma que da outra vez.
Realmente, não estou entendendo o porque disso. Mas não tem nem como saber, pode ser algo que realmente está pra acontecer ou que nem aconteça, normalmente não é só uma sensação estranha e é por isso que quando sinto isso fico sempre apreensiva, porque não temos como prever o que vai acontecer, porque o futuro a Deus pertence, a nós cabe viver o presente! Viver bem, diga-se de passagem. “O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada...”

Há uns dois anos conheci um médico, uma dessas pessoas que você vê pela primeira vez e sente que já conhece, uma dessas pessoas que você sente afinidade sem conseguir explicar o por que; eu estava passando um momento delicado e ele parecia ler minh'alma, falou coisas que iam lá fundo como se me conhecesse, falou de características minhas que pouquíssimas pessoas conhecem, na verdade, quase ninguém; aquela consulta foi estranha, senti uma energia muito diferente de tudo, senti medo, fiquei apreensiva, contente pelas palavras dele e hoje, depois de dois anos lembrei dele, daquelas palavras e do abraço que me deu ao final da consulta, um abraço, forte, cheio de energia, sincero...
Não sei se ele lembra de mim, provavelmente não, muitas pessoas passam por aquele consultório todos os dias, e certamente ele conversa com muitas delas, mas eu, não esqueci e indubitavelmente, não esquecerei, marcou!
É como dizem: “Cada pessoa que passa em nossa vida passa sozinha, e não nos deixa só, porque deixa um pouco de si e leva um pouquinho de nós.
Essa é a mais bela responsabilidade da vida e a prova de que as pessoas não se encontram por acaso." Ele não sabe, mas faz parte da história da minha vida!


Saber Viver

Não sei... Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura... Enquanto durar"
(Cora Coralina)

Sou extremamente romântica, sensível, crítica, questionadora, choro por tudo e por nada, sofro por mim e pelos outros, sou sensitiva percebo e absorvo as energias a minha volta. Sou chata, fresca, sincera, às vezes madura demais, outras muito infantil; orgulhosa, tímida, às vezes tenho o riso fácil, outras sou mal humorada, queria ter o poder de mudar o mundo, de fazer as pessoas mais felizes, de levar paz e tranquilidade por onde passar...
Não sei se por minha culpa, pelas circunstâncias ou por causa de algumas pessoas, já não sou mais tão ingênua.
Quando amo, amo com todo o meu ser e desejo que me amem da mesma forma, quando começo um novo relacionamento mergulho de cabeça, sou intensa, não sei viver pela metade...
Às vezes choro quando quero sorrir, rio quando não pode, choro sorrindo, rio chorando... Falo quando devo calar, calo quando devo falar, às vezes falo demais quando deveria apenas escutar ou escuto demias quando deveria falar... Às vezes sou dura, outras terna, algumas vezes carinhosa outras ríspida, implicante, apaziguadora...
Sou assim, um paradoxo de mim...

"Se avexe não...
Amanhã pode acontecer tudo
Inclusive nada.

Se avexe não...
A lagarta rasteja
Até o dia em que cria asas.

Se avexe não...
Que a burrinha da felicidade
Nunca se atrasa.

Se avexe não...
Toda caminhada começa
No primeiro passo
A natureza não tem pressa
Segue seu compasso
Inexoravelmente chega lá...
...."
Vídeo com a letra completa
aqui

11 comentários:

Jens disse...

Oi Cecília.
Como você mesmo disse, não há como prever o futuro; assim, cultive pensamentos positivos, acalentando a idéia de que o quê está por vir, segundo o teu sexto sentido, seja algo bom, maravilhoso. Por que todos os pressentimentos tem que ser negativos?
No mais, continue assim: toda coração.

Um beijo.

Mauri Boffil disse...

que lindo...
e olhe sempre ao sol, ele trará dias melhores e aquecerá sempre seus sonhos

Luis F disse...

Quero agradecer as tuas palavras no meu cantinho e dizer que para mim será uma honra o link em teu espaço.

Como sempre que aqui volto, encontro belas e sentidas palavras

Com amizade
Bjs
Luis

Beti Timm disse...

Minha menina,

logo, logo vc terá a serenidade que tanto buscas. Eu sofri, chorei e hj qdo pensei que não aguentaria um novo sofriment, fiz o inverso: eu estou livrando meu coração de novos sofrimentos. Sofri o que estava-me guardado. Agora estou forte. Por isso queria estar do teu lado, te afagar e te ajudar a passar estes momentos teus, mas não posso.

Mas atente para algo. A preciosidade que é o teu blog, o carinho que cultivas, é o que importa. Lembra que um dia eu te falei que ias crescer pq tinhas talento. Hj provaste que podes tornar tudo melhor. Teus textos, tristes, alegres, de qualquer maneira, são belos e sensíveis. Aí está o nosso maior bem, não o que nos aflige ou atormenta, mas sim o poder que temos, que vc tem, de mostrar o que tens de melhor. E é isso que fica, o que construimos. O resto, já diz a palavra, é só esto.

Fique bem e mil beijos

Betho disse...

Belo texto menina...
Bom final de semana
Forte abraço
Betho

Ana Lúcia. disse...

É Cecília,
a vida é uma simplicidade complexa
e
por vezes
uma complexidade simples...
coisa de poeta
coisa de Gente Grande
coisas da vida.
Deixa a vida te levar,
viva este minuto
este dia
o agora...
Vem com beleza
cada amanhecer
na certeza
que depois do anoitecer
ele sempre vai voltar...
Viva, querida.
Viva.
Beijãozinho e abração apertadinho.

Principe Encantado disse...

O que será no amanhã? Somente a Deus pertence, então vamos semear bondade naão custa nada e os frutos serão bons.
Abraços forte

Fernanda disse...

E não somos todos um paradoxo, Cecília?! Eu acho. É na procura de nós mesmos que nos contradizemos e parecemos incoerentes, tantas vezes.

Tudo de bom!
Bjos

. fina flor . disse...

querida, às vezes a confusão, a desorientação traz bons frutos ;-)

beijos e boa semana

MM.

>>> obrigada pelo pouso, volte sempre que quiser

MM.

>>> desisti de desistir, ia fechar o fina flor, mas desisti, rs*...

Sergio disse...

Ola, Cecilia!

Não há coincidencias, a vida é feita de acontecimentos, e em todos, há Deus. Só isso já é o bastante para ficarmos tranquilos, pois, estaremos sempre em boas mãos.

Um beijo, tanquilidade e paz

DO disse...

Voce não é um paradoxo,linda. Voce é VOCE! Não mude seu jeito de ser,muito menos sua personalidade. Somos seres únicos e devemos assim continuar,e não sermos cópias mal acabadas de outros.

O que devemos fazer é APRENDER,CRESCER com as experiências pq passamos.Pode ter certeza que algo muito lindo te espera ali na frente.
Confie!!

Beijos!