sábado, 4 de setembro de 2010

☆ ☆ ☆

Matheus e a tecnologia.
Há algum tempo Matheus vinha me pedindo para fazer um orkut para ele, vivia querendo jogar os jogos que tenho e transformava minha boneca do BuddyPoke em boneco, então depois de pensar e pensar e pensar resolvi criar um orkut para ele e o resultado foi indescritível: os olhinhos dele brilharam feito diamantes de felicidade e contentamento.
Analisei muito os prós e os contras e terminei vendo que tinha mais vantagem que desvantagem: para usar o orkut e poder jogar ele tem que ler os comandos e ver se as moedas amarelas que ele tem são suficientes para comprar os animais, casas, sementes... então ele não só exercita o português com exercita a matemática também, sem falar que deixo ele ficar “sozinho” usando o computador o que faz com que eu demonstre confiança nele e ele tenta fazer de tudo que eu continue deixando ele usar o computador sem mim.
A verdade é que ele não fica totalmente sozinho, sempre que ele está usando o computador eu fico lendo (na mesma sala que ele está inclusive) e ele fica na mesa usando o pc, todo orgulhoso por estar usando meu computador sozinho. É o que chamam de liberdade vigiada.
Ainda tem um outros detalhes: ele só pode usar o computador depois de fazer as tarefas da escola (e só usa se as fizer direto), se tiver um bom comportamento e se se alimentar direito, sem falar que não deixo ele ficar muito tempo na frente do computador, uns 40 minutos, no máximo.
Está funcionando (ele só reclama um pouco quando digo que está na hora de sair, mas acho que é normal, ele está muito empolgado)!!!
Ele vive reclamando que tem poucos amigos para jogar e fica comparando o orkut dele com o meu, só faço rir, então além do pessoal da família adicionei duas amigas minhas (uma delas ele conhece) duas sobrinhas de uma dessas minhas amigas e a filha de um amigo, ele ficou radiante quando fiz isso, só vendo mesmo o jeitinho dele pra saber...
Relutei muito, sei dos perigos da internet, infelizmente tem muita gente que usa este maravilhoso benefício de comunicação para coisas ruins, mas acho que fazendo do jeito que estou fazendo consigo proteger ele...

4 comentários:

Ester disse...

Oi Cecília!

Muito bom! Vc está fazendo certinho.
É muito mais fácil proibir, do que ensinar a usar, vigiar e tal.
O mais importante nisso tudo é ele sentir que vc além de mãe é uma amiga, pois quando aparecer alguma coisa inconveniente na internet ele terá liberdade de te falar...

Beijinhos!!

Canto da Boca disse...

Eu também acredito no bom uso da tecnologia, orientação e amor, acima de tudo!

Beijocas, Ceci!

Ester disse...

Olá amiga,

Tem selo para vc lá no meu blog!
Apenas para agradecer sua amizade que é muito especial!
Mas fique a vontade para pegar ou não, ok?!

Beijos!

Carlos Medeiros disse...

A web tem o seu lado bom, como compras, que sai mais barato. Mas, sempre é necessário certos cuidados.