terça-feira, 2 de novembro de 2010

¸¸.·*´¯`*·.¸¸..·*

Depois do susto a demência:
Ontem quando estava começando a estudar estava com uma sensação (pressentimento) estranha, como se algo não muito bom fosse acontecer. Tentei me acalmar e pedi a Deus que não permitisse que não deixasse nada de ruim acontecer, voltei a estudar e por volta das 9h o telefone tocou:
(homem) – É da casa de seu Maximiliano?
(eu) – É sim, mas ele não está.
(homem) – O que você é dele?
(eu) – Filha.
(homem) – É que ele sofreu um acidente de moto aqui no viaduto Joana Bezerra, perto do fórum.
(eu) – Como ele ta? Vou mandar meu irmão praí.
Comecei a tremer feito vara verde, liguei pro meu irmão e expliquei o que tinha acontecido, me acalmei um pouco e tentei o celular de painho, o alívio veio, ele estava bem e consciente,  mas eu ainda estava nervosa, só um pouco aliviada. Finalmente meu irmão deu entrada no hospital e fui encontrar com eles. Mozart saiu para pegar a moto e eu fiquei no hospital. Tudo estava “muito bem” até que a médica começou o procedimento para suturar os cortes (2 pontos em cada), ela começou a mexer a agulha da anestesia e o sangue voltou a escorrer (rompeu uma veia), senti um frio na espinha e no estômago, a vista ficou turva e comecei a ver estrelinhas, pensei: danou-se tudo, vou desmaiar e agora? Comecei a respirar fundo e a olhar pra parede e pra painho e a médica perguntando se eu queria sentar ou sair, eu só fazia dizer que estava bem e rezando pra ficar realmente bem. No fim das contas o mal estar passou, mas comecei a suar como tampa de chaleira (vixe, saia suor de todos os poros, a camiseta e os cabelos ficaram ensopados de suor); sabe, não foi a primeira vez que socorri alguém, que vi uma pessoa levar pontos, mas também nunca tinha visto tanto sangue na minha vida, sem falar que dessa vez foi com meu pai...
Voltando para casa parecia mais eu estava entrando num estado de demência (relaxamento), não conseguia colocar os pensamentos em ordem e nem me concentrar para estudar. Sono, dor de cabeça, sono... Agora está tudo bem e eu mais uma vez “brincando” de enfermeira...


 Agora vou falar de coisas boas:
 
Ganhei este selinho da Ester.
É um selinho que ela fez para presentear os amigos que acompanham o seu blogue. Adorei! Obrigada pelo carnho, amiga!



A FLIPORTO (Festa Literária Internacional de Pernambuco) que está na sua sexta edição será realizada em Olinda. Quer saber mais sobre o evento e a programação? Clica aqui!


Neste próximo final de semana acontecerá o PE MUSIC FESTIVAL.
O PE MUSIC FESTIVAL é um evento referência quando se trata de pop rock no Nordeste, e em seu quinto ano consecutivo, ele se torna um evento democrático, dando oportunidade ao público desfrutar da programação gratuitamente.
Programação
No primeiro dia (05/11) do evento, se apresentarão a partir das 17 horas os artistas Otto, Natiruts, Pitty e Almerio.
No segundo dia (06/11), acontece o PE Festival Cultural, com programação de apresentações de dança, teatro e circo e também se inicia a partir das 17 horas.
O festival é aberto ao público, e a expectativa é de receber mais de 20 mil pessoas nos dois dias de evento.
O palco montado no Marco Zero terá 600 m² e contará com telões para melhor visualização do público. Também haverá estrutura de delegacia móvel, posto médico, UTI móvel e praça de alimentação.
O festival será totalmente gratuito. Fonte.
Site do evento.