sexta-feira, 1 de abril de 2011

Dia Internacional do Homem

Postagem coletiva proposta por Elcio Tuiribepi,

Por que comemorar o dia do homem no dia 1º de abril? Alguém poderia me dizer se há alguma relação com o dia da mentira? (na hora em que comentei com algumas colegas sobre a existência do dia do homem e que este dia é o dia 1º de abril na mesma hora fizeram a analogia... além das risadnhas, claro!!!)

Deixemos as gracinhas e piadas e piadinhas de lado. Se pararmos para pensar bem e analisar é justo que eles tenham um dia para eles, afinal, igualdade entre homens e mulheres é um direito (constitucional, diga-se de passagem).
Quando fui convidada a participar do postagem coletiva sobre o Dia Internacional do Homem fiquei pensando se teria algo de fato para escrever sobre isso e o que escreveria, espero que tenha ficado bom.  Vamos ao que interessa!

Ah, os homens. O que seria de nós sem eles?

Vivemos reclamando que são todos iguais, insensíveis, machistas, só pensam em futebol, carro, sexo, são egoístas, desatentos...
Mas será que são todos iguais mesmo? Será que são apenas isso?
Não, não são todos iguais e não têm apenas defeitos. Acredito que o ‘x’ da questão seja a eterna busca por um homem ideal (perfeito)!
O que é um homem ideal (perfeito)?
O que faz surpresas (boas e agradáveis, claro), dá flores, chocolates, leva café da manhã na cama?
Ou que leva para jantar em um belo restaurante, para dançar (e que dancem bem), ao cinema ou ao teatro?
Presta atenção aos mínimos detalhes: roupa, cabelo, esmalte, lingerie, acessórios (jóias, sapatos, cintos...)...?
Que abrem a porta do carro, puxem a cadeira para sentar; que façam elogios, sejam fieis e leais; que tenha boa memória (lembre datas importantes como aniversário)...
Ou aquele que seja bom de cama e satisfaça os desejos mais profundos...
A verdade é que procuramos alguém que preencha os nossos pré-requisitos que vão de atributos físicos (altos, bonitos, fortes, louros, morenos, viris, atraentes, olhos verdes, castanhos, azuis, másculos...) a intelectuais (inteligentes), além de serem bem humorados, simpáticos, gentis, homens que saibam cozinhar, cheirosos e que se vistam bem...
Mas será que existe este homem perfeito?
Bem, acredito que sim!
Mas não este homem utópico e de histórias de príncipes e princesas...
Apesar de sempre ter aquele perfil que mexe mais com a gente, não é?
Acredito que o homem ideal é aquele com quem conseguimos conversar sem nos darmos conta do tempo passar (sem falar que dizem que á assim que um casal deve ser se quiserem envelhecer juntos), inteligente, honesto, leal, que seja capaz de fazer concessões de ceder e não apenas querer que se faça concessão; que seja gentil e educado; não precisa ser um homem que não goste de futebol, isso nem pesa tanto assim, a não que não sejam capazes de abrir mão de um jogo para fazer algo que a mulher queira; autêntico e criativo, que fuja dos clichês, saia do cotidiano e improvise, sem perder a doçura e o romantismo. Um homem com atitudes de homem, que encare a vida de frente, não fuja dos problemas.
Não precisa ser um príncipe encantado, precisa sim, gostar de fato da (sua) mulher e valorizá-la como mulher (e como pessoa), ser amigo, amante, companheiro...
Não tem que ser perfeito, a imperfeição é natural do ser humano, mas deve assumir seus atos, estejam certos ou errados...
Homem e mulher se completam em suas imperfeições e é aí está a perfeição!


Huuuuuum... não sei se o texto fiou legal e se está de acordo com a proposta para o dia de hoje.

Quero aproveitar e dar os parabéns aos homens que são ‘pães’ (assumem o papel de pai e mãe); aos homens que se despem dos preconceitos e machismos e lavam pratos, cozinham, varrem a casa, trocam fraldas, dão banho, lavam e passam roupas... Aos meus amigos blogueiros (não vou citar nomes, tenho receio de esquecer de colocar o nome de alguém) que de alguma forma fazem parte da minha vida e que de alguma forma e em algum momento me ensinaram; também aos homens da minha vida: pai, irmão, tios, primos, amigos...

Beijinhos a todos!!! 


“Ser homem é se despir de orgulho, vestir a vistosa capa da modéstia e, sem medos, agradecer. Ser homem é ser digno, honrado, humilde o suficiente para agradecer pela mão que te levantou, pela palavra que te aconselhou, pela pessoa que te ajudou, pelo sol que lhe deu mais um dia. Ser homem é ser grande, é ser grato.” Aqui

Imagens colhidas na internet

8 comentários:

✿ chica disse...

Ficou legal a participação.Parabéns aos homens...beijos,chica

Jojó disse...

Nossa Cecília!!!Adorei!!! Parabéns!!! Beijos!

Joelma

Mari Amorim disse...

Cecilia,
Ah...acho que tenho um assim..,onde as qualidades superam seus defeitos!!
ele merece vários dias especiais!
Tb participo da brincadeira,
Boas energias,um abraço!
Mari

Elcio Tuiribepi disse...

Oi amiga...tudo...menos passar roupa...rsrs...e tarefazinha complicada...vixe...essa eu tiro o chapéu...rs
Valeu por ter participado...
Um abraço na alma

Jens disse...

Oi Cecília. Sei limpar a casa, lavar e passar. Quando apaixonado envio flores, bombons e adoro jantares românticos. Só não sei cozinhar. Ou seja, sou um ancião quase perfeito, hehehe...
Beijo. Parabéns pela crônica e, pela parte que me toca, obrigado pela homenagem.
Estou aguardando o teu texto para o livro.

Bel Rech disse...

Cecilia,estou te visitando a través da blogagem coletiva e adorei o que escreveu, colocou tudo como é realmente, não existem perfeitos neste mundo, pois somos bem humanos...Adorei seu blog.Beijo

Carlos Medeiros disse...

Nem sabia que existia esse dia.

O Profeta disse...

Vejam! Faço magia!
Com esta caixinha de simples cartão
Não se iludam, nem pombas ou coelhos
Não há truque...perdão!?

E então?! Que emoção
Encontrei algo aqui neste bolso esquecido e roto
Espera aí o que é isto meus senhores?!
Ah...! É uma pedra mágica que pensei ter dado em mar revolto

E vou cantar uma adivinha
Vou desenhar uma ideia minha
Vou inventar uma musica em surdina
Vou dançar sem bailarina


Mágico beijo