domingo, 8 de maio de 2011

À minha mãe

Mãe

Como definir este ser tão sublime?
Personificação do amor divino
Força e ternura
Garra e sensibilidade
Mulher, amiga, companheira
Como seu senso de justiça não existe igual
Aconselha, ensina, acolhe, ajuda
Quando é preciso dá bronca
Sabe dizer sim
Também sabe a hora do não
Seu carinho conforta
Seu abraço protege
Amor incondicional
Lutadora, vencedora
A delicadeza está em seus atos
A força e a firmeza em suas palavras
Mãezinha querida, obrigada por tudo!
Como você não existe igual
Melhor mãe do mundo
Suas broncas me fizeram crescer
Seus castigos me ensinaram a repensar minhas atitudes
Seu amor, afeto e carinho me fortaleceram
Quando estava triste você enxugou minhas lágrimas
E fez piadas para eu rir
Quando estava feliz riu comigo multiplicando minha alegria
Quando venci vibrou e comemorou comigo  
Quando tropecei me equilibrou
Quando cai me levantou
Sua mão firme e seus passos decididos me guiam pelos caminhos do amor, da justiça
Já não sou mais criança, mas nos teus braços ainda encontro meu porto seguro
Tudo que sou devo a você, ao seu amor, dedicação, força, carinho...
Obrigada Mãezinha, pela presença constante!
Amo-te muito!!!

5 comentários:

Roy Frenkiel disse...

Lindo! Linda!

Beijao

Roy

✿ chica disse...

Linda homenagem e fotos!


Um lindo dia pór aí! beijos,chica

Carlos Medeiros disse...

Um belo dia hoje.

Bel Rech disse...

Que linda homenagem e sabemos que sempre podemos nos aconchegar em seu abraço, porto seguro!

la petite jolie disse...

Que linda homenagem....Sinto saudades da minha mãe que está no andar superior...

Bjos